Categorias

Abraão (4) Acolhida (2) Advento (1) Aliança-Pacto de amizade (1) Ambientação (2) Amizade (1) Ano Liturgico (1) Ano Litúrgico (1) Apóstolos (3) Arte na catequese (10) Artesanato criativo (5) As maravilhas de Deus (1) Atividades (8) Avaliação na Catequese (2) Batismo (3) Bíblia (8) Brincadeiras (1) Caça ao Tesouro (2) Campanha da Fraternidade 2017 (2) Cantinho da Oração (1) Catavento (1) Catequese com adultos (8) Catequese com crianças (28) Catequese com os pais (2) Catequese de Crisma (6) Catequese de Perseverança (1) Catequese em ação (1) catequista não é tio (1) catequistas (1) Como preparar encontro de catequese (2) Confissão (1) Coordenação (1) Coroa do Advento (1) Correio de Maria (6) Crisma (1) Dia das Mães (5) Dia do Catequista (1) Dinâmicas (60) Dinâmicas de Oração (6) Dinâmicas de Revisão (1) Espírito Santo (4) Eucaristia (10) Evangelho (5) Família (2) Felicidade (2) Formações (32) Gincana (1) Histórias na Catequese (2) Igreja (1) Jesus chama seus colaboradores (1) Jesus convida os apóstolos (1) Jesus inicia sua missão (1) João Batista (2) Juízes (1) Leitura Orante (6) Lembrancinha da Páscoa (6) Lembrancinha para as mães (4) Lembrancinhas (5) Mandamentos (2) Maquete (1) Matrimônio (1) Meio Ambiente (1) Metodologia catequética (24) Moisés (1) Nascimento de Jesus (2) Natal (2) Nossa Senhora (4) O nascimento de Jesus (1) O Perfil do Catequista (10) O programa de Jesus (1) O tempo dos Reis (2) Oração (2) Pai- Nosso (2) Papo de catequista (13) Parábola do semeador (2) Páscoa (6) Pecado (2) Pentecostes (1) Planejamento (3) Planejamento de Encontros (24) Profetas (1) Quem é Jesus? (4) Quem eu sou? (1) Rádio Catequese (4) Rei Davi (1) Reunião de pais (1) Revisão (5) Roteiro de visitas às famílias dos catequizandos (1) Sacramento da Crisma (1) Sacramento da Reconciliação (1) Sacramentos (6) Sagrada Família (2) Santíssima Trindade (1) Semana Santa (3) Somos filhos de Deus (2) Teatro (2) Textos de Apoio (1) Unção dos Enfermos (1) Ver-julgar-agir (1) Vlog (1)

30 junho, 2017

Os 10 Mandamentos- Como dinamizar o encontro


Os 10 mandamentos da lei de Deus é um tema importantíssimo na catequese. Precisamos preparar bem os encontros para que as crianças compreendam bem e continuem a praticar a lei do amor quando se tornarem adultas. Agora é o momento de plantar a semente da palavra de Deus.

Para dinamizar este encontro tenho duas sugestões.
 Varal dos Mandamentos-  vamos fazer uma comparação com a máquina de lavar. Para usar a máquina, precisamos seguir algumas instruções, bem como estar atentos as lavagens de cada peça. Nós também precisamos   de um  manual de instruções: os 10 mandamentos.

Sinalização de trânsito-  vamos  comparar os 10 mandamentos com o trânsito: as sinalizações nos orientam o caminho que devemos seguir e os cuidados que devemos ter na estrada durante a viagem.  Pode começar perguntando de que o carro precisa para andar: uma pista, um motorista, gasolina e etc. Depois só falar da importância das placas de sinalização. "Mandamentos são setas" que nos indicam o caminho para Deus.

Essas comparações são ótimas para motivar o encontro. Seria o correspondente ao passo"ver" do método ver-julgar-agir. (Prefiro começar assim do que comparando mandamentos com leis do Estado como sugerem alguns manuais. )

Neste post, vou mostrar como desenvolver o Varal dos Mandamentos.

Quando fiz a dinâmica pela primeira vez, eu confeccionei cada peça em tamanho grande ( na cartolina) e ficou muito bom. Desta vez,  desenhei  mini roupas e ficaram também muito bonitinhas. Mas esqueci que devia usar também um pregador menor.





Mini roupas






As fotos do encontro ficaram desfocadas... Mas vou postar para vocês verem o erro do pregador grande na mini roupa. Porque aqui eu mostro também os erros, não só os acertos!






Precisei usar durex para segurar as roupas no barbante!




Como conduzir:

Encontrei a dinâmica do Varal dos Mandamentos no blog da Imaculada (Clique aqui ) e apliquei na minha turma. Foi maravilhoso trabalhar mandamentos brincando de colocar roupas no varal. Confeccionei roupas de cartolina, e depois escrevi, com pincel, cada um  dos 10 mandamentos em tiras de papel e fui colando em cada peça de roupa.  Coloquei as roupas de cartolina numa bacia, e até vesti um avental. Disse as crianças que iria lavar roupa, peguei o manual da máquina e comecei a ler algumas instruções. Depois pedi ajuda deles para colocar as roupas no varal. Para concluir expliquei que somos como uma máquina de lavar, precisamos de um manual de instruções que é os 10 mandamentos. 

P.S: com as mini roupas, as tiras com os 10 mandamentos podem ser dependurados no varal, intercalando com as mini-roupas. Cada criança pega uma roupa ou um mandamento. Vão dependurando no varal a roupa e a tira com os mandamentos na ordem.


Cris Menezes
Catequista em Brasília-DF

Tia, professora ou catequista?




Não é segredo para nenhum de nós que catequistas são chamados de tias e tios pelos catequizandos, e muitas vezes os próprios catequistas chamam outros catequistas de tios.  Meus catequizandos também me chamam de tia, com exceção de duas crianças que me chamam de catequista. Confesso que quando uma delas me chamou de catequista pela primeira vez, naquela turma e em toda a minha vida na Igreja, eu estranhei. Sou catequista desde 2003. E ouvir uma criança me chamar de catequista e não de tia, foi como ouvir o próprio Jesus confirmar a minha missão, quem eu sou, e por que estou na catequese. 

Quero convidar você para refletirmos um pouco mais sobre este assunto. Por que as crianças nos chamam de tia? Por que os próprios catequistas se veem como tios? De onde vem isso? Quando a catequista deixou de ser chamada pelo nome e  passou a ser chamada de tia? (Ás vezes quando encontro uma criança perdida na igreja e pergunto o nome da sua catequista, a criança não sabe dizer. Ela chama a catequista de tia. Não sabe o nome.)

Para refletirmos sobre a origem do "tia" fora do contexto familiar, vamos pensar nas professoras de educação infantil. Como são chamadas pelos alunos? Tia? É ou não é? Você tem filho pequeno? Como ele se refere à professora? Lendo sobre esta questão  na educação infantil, eu então descobri porque a(o) catequista virou tia(o). Na escola, as crianças chamam a professora de tia. Quando
chegam na catequese, elas acham que a catequista é professora. Acham que catequese também é escola. Então se aprenderam que a professora que ensina português e matemática é tia, então a pessoa que está ali numa sala (parecida com a sala de aula), que "ensina" sobre Deus e que faz chamada igual na escola, com as cadeiras enfileiradas igual na escola, é professora também, e então podem chamar de tia (tia=professora).

Tem muitos estudiosos que desconstroem a ideia de chamar a professora de tia, inclusive o grande nome da pedagogia Paulo Freire escreveu sobre como é falho ver a professora como tia: "Ser professora implica assumir uma profissão, enquanto ser tia é no fundo uma ideologia que trabalha contra o rigor da profissionalização da educadora, como se para ser uma boa professora fosse necessário ser pura afetividade." 

Só para você perceber que da mesma forma acontece na Igreja, com nós catequistas. Já percebeu que alguns pais acham que a catequese é creche ou  escola? Daí a importância de conscientizarmos que  catequese não é escola e que catequistas não são professores ou tios. Os catequistas têm uma missão:  promover\facilitar a iniciação à vida cristã de crianças, adolescentes, jovens e adultos, educar a fé, ser canal de graça para que esses catequizandos se tornem cristãos comprometidos com a Igreja.

Acredito sim que da mesma forma que as professoras da educação infantil são reduzidas no seu papel de educadoras quando são chamadas de tia, catequistas também são reduzidos a professores de religião. Precisamos assumir nosso papel dentro da Igreja, somos catequistas e queremos ser chamados pelo nome. Temos uma missão. Não somos tias ou tios, somos discípulas e discípulos.

Terei certeza de que toda comunidade católica entendeu o papel da catequese na vida das crianças quando todos começarem a chamar catequista pelo nome, como Jesus chama cada um de nós pelo nome.

(Vamos continuar conversando nos comentários? Como é na sua paróquia? As crianças chamam os catequistas pelo nome?)


Catequista Cris Menezes
em Brasília-DF

20 junho, 2017

Novo blog de poesia

Estou saindo de uma fase de aridez espiritual. Viajar, fotografar e escrever me ajudou a encontrar Deus e me reencontrar. Depois de muito tempo, eu voltei a escrever. Por isso criei um blog para expressar o tanto de amor que tenho aqui dentro, amor que transborda em palavras e enche a casa de poesia. Escrever sobre o amor de Deus tem me feito voltar ao meu primeiro amor. A escrita e a fotografia é um reencontro comigo mesma. Conheçam meu outro blog. Chega perto. Vamos caminhar mais juntos.

Cris Menezes

https://viagemepoesiablog.wordpress.com


17 junho, 2017

Sou poeta



Além de catequista, sou poeta. No meu perfil no Instagram, tenho publicado algumas poesias e textos autorais. Tem me feito um bem danado escrever. As janelas do  @poetaflor   estão abertas para você.

Link do meu perfil no Instagram

Hoje é dia de rezá pra pedir a Santontônio um amô
rezei baixinho e pedi simples: um casamento no
 entardecê na hora do sol caí no infinito enquanto eu
 e ele dizemo sim um ao outro debaixo de um pé de 
árvore mais bonito

Cris Menezes







Correio de Maria 2017




Já é o segundo ano que levo o Correio de Maria para a Feira Bíblica Mariana. (Clique aqui para saber mais sobre o Correio de Maria.) O Correio de Maria é uma caixinha de orações.  Cada um faz sua oração e deposita numa caixinha. Além disso,  montei um varal para as pessoas dependurarem um papel com a resposta: numa palavra, o que Maria representa na sua vida?











Obrigada!

Cris Menezes
Catequista 

11 maio, 2017

Remove até tristezas mais profundas- Especial Dia das Mães



Uma amiga encontrou uma lembrancinha para o dia das mães no site Fazendo a nossa festa e imprimiu o modelo de uma caixa para colocar bombons e presentar sua mãe. Eu ajudei a montar a caixinha. Ficou muito fofa! Que tal?




Pegue o molde  aqui


Cris Menezes
Catequizando feliz blog


09 maio, 2017

Atividade- Rádio Catequese- Pelas ondas do amor de Deus




Mês de maio é o mês dedicado especialmente à Maria e as mães. Para dinamizar o encontro sobre Maria, que tal montar e gravar uma rádio com os catequizandos? Tem vários programas no Google para gravação de áudio. Podemos diversificar e montar também um jornal escrito ou falado.

Vou postar aqui o texto que montei para gravamos. . O texto sobre Maria retirei do Livro do Catequista - Fé, Vida, Comunidade (Diocese de Osasco. Editora Paulus.)  As falas iniciais e finais eu escrevi. Inseri as numerações que correspondem ao número de catequizandos que vão participar.

Você pode usar a ideia de gravar uma rádio ou jornal para trabalhar qualquer tema. É super divertido!


Então vamos para o roteiro da nossa Rádio da Catequese!

***



Imagem: Weheartit



(1) Bom dia. Você sintonizou a rádio catequese. Pelas ondas do amor de Deus.
Eu sou a ... Aumente o volume da sua fé e vem com a gente. (Música)

Bom dia, meu nome é (2)....  . E eu sou o (3)...
Nós somos catequizandos da Paróquia... 

(Música) * O catequista pode ficar responsável pelo som. Só aumentar o volume de uma música sobre Nossa Senhora. Deixar alguns segundos e ir diminuindo o volume.

(1) Vamos iniciar nosso estudo de Maria, a mãe de Jesus.
(2) Ei, vocês acompanham a gente?
(3) Chega junto!

(Música)


(1) Maria era uma jovem como as outras jovens da época.
(2) Pertencia a uma família simples da cidade de Nazaré na Palestina.
(3) Seus pais eram: Joaquim e Ana.
(4) Ela era muito bondosa, humilde, trabalhadora e estava sempre pronta a ajudar os outros.
(5) Procurava viver a aliança: por isso observava os mandamentos de Deus.
(6) Por causa do sim de Maria, o Filho de Deus se tornou uma criança, se fez gente como nós.
(7) Maria Carregou esta criança no colo. Ajudou a caminhar, a falar, e se doou inteiramente ao seu filho Jesus.
(8) Mesmo sabendo que ia ser mãe de Deus, Maria não ficou orgulhosa. Não se considerava melhor que as outras mulheres. 
(9) Ela sabia que quando uma pessoa diz sim a Deus, deve dizer também sim ao irmão necessitado.
(10) Foi isto que Maria fez quando soube que sua prima Isabel precisava de ajuda. Foi a casa dela para ajudá-la.

Todos: O sim que Maria deu a Deus deve ser repetido por Todos nós.


(1) Nosso programa chegou ao fim. Hoje aprendemos que Maria foi escolhida por Deus para ser a mãe de Jesus.
(2) A paz de Cristo.
Todos: e o amor de Maria!
(1) Fiquem com Deus e até o próximo Rádio Catequese.


***


Cris Menezes
Catequista
Brasília-DF


07 maio, 2017

Vidrinho de água benta e porta terço- Especial Dia das Mães




1) Vidrinho de amor (ou de Água Benta)







Este vidrinho comprei na livraria católica Ave Maria. A livraria vende, inclusive, uma personalização deste vidro para lembrancinha da Crisma. E vende só vidrinho para você mesmo personalizar. Comprei também lá os adesivos de Nossa Senhora e do Espírito Santo e os tercinhos (que podem ser colocados dentro do vidro ou deixado pendurado. Enfeitei com fitas estampadas!

2)   Lembrancinha para as catequistas mães





 Pode entregar a lembrancinha com um terço ou crucifixo. Os potinhos de plásticos você encontra em lojas de festas. Em um Armarinho você compra as rendas, fitas e botões.  Esta coroa é um botão! Achei lindinho demais. Queria ter colocado flores nas tampas, mas tive dificuldade em encontrar flores pequenas.

Imprimi umas etiquetas com as palavras: "Amor de Mãe", "Maria: modelo de mãe". Pode colar o nome da mãe também.












Cris Menezes
Catequista
Brasília-DF

01 maio, 2017

Lembrancinhas com papel colorido- Especial dia das mães






1) Dobradura de Coração

(Ideia original clique aqui)












2) Leque 
( Ideia original- clique aqui )




As flores podem ser de cartolina ou EVA! 


3) Xícara de amor

Ideia original clique aqui 





4) Regador com Flores 

Ideia Original e molde clique aqui




5) Flores para decoração

Fiz uns modelos no pinterest desta flor e resolvi fazer para decorar a mesa do café da manhã das mães.






Obrigada por acompanhar.
Cris Menezes
Catequista
Brasília-DF